Comunicação Interna

Líderes e Relações-Públicas como agentes de mudanças na Comunicação Interna

Quando pensamos em Comunicação Interna, não devemos lembrar apenas dos canais internos onde são disponibilizadas as informações. É preciso se atentar para o papel dos líderes nesse contexto. E não apenas aquele líder que é o gestor e tem certa autoridade, mas também aqueles colaboradores que são engajados, intraempreendedores e influenciadores. Eles podem ajudar muito a área de CI a disseminar as informações importantes e no engajamento de todos os públicos internos. A área de Recursos Humanos e de Comunicação devem trabalhar em conjunto para encontrar esses “líderes” internos e desenvolver um treinamento em conjunto para esse público ajudar na Comunicação Interna.

Para a Comunicação Interna ser realmente eficaz, os departamentos de Comunicação, RH e Marketing deveriam trabalhar em conjunto, fazendo pesquisas, campanhas, planejamento estratégico e outras ações para conseguir engajar os clientes internos da empresa. Assim que deveriam ser chamados e considerados esse público essencial das organizações. Diante de uma crise, o público interno é o primeiro disseminador de informação para as pessoas e se eles estão motivados e valorizados pela empresa onde trabalham, são os primeiros a compartilhar isso com sua família e amigos.

As organizações que não possuem um departamento que cuide da CI, ou ainda não contrataram uma agência de Relações Públicas que cuide disso, devem levar em consideração toda a importância que esse público tem para o sucesso dos negócios e repensar na forma como tratam seus colaboradores.

Toda a Comunicação Interna feita nos canais internos (Mural, Tv corporativa, Jornal, Revista, Newsletter, Redes Sociais Corporativas, Aplicativos), as ações e campanhas criadas e as informações disseminadas pelos Líderes devem levar em conta a cultura, missão, visão, valores e diretrizes organizacionais de cada empresa. Assim estarão de acordo com os objetivos e metas das organizações. Para embasar todo esse trabalho, devem ser realizadas pesquisas regularmente para verificar a opinião dos colaboradores sobre os assuntos disseminados, dúvidas, sugestões que eles tenham e como gostariam que as informações chegassem até eles. Os resultados das pesquisas ajudam com novos direcionamentos para que tudo esteja alinhado com o que os colaboradores esperam e com medidas corretivas para corrigir as falhas.

O profissional que pode realizar esse relacionamento entre departamentos, o engajamento dos públicos internos e ser a ponte entre os líderes e a Comunicação Interna, é o Relações-Públicas. Ele pode realizar funções mais estratégicas como a criação de campanhas e ações para engajar, fazer com que os colaboradores sejam reconhecidos, se sintam especiais e como parte da história daquela empresa e também funções operacionais como entrevistas com os colaboradores, criação de comunicados e textos, levantar informações entre os departamentos, entre outras. O RP pode ajudar não somente na Comunicação Interna, mas também com a Comunicação com todos os públicos (clientes, fornecedores, sociedade, governo, acionistas, comunidade do entorno). Conheça já um Relações-Públicas e melhore o relacionamento da sua empresa com os públicos prioritários. Você vai se surpreender!

Tags
Continue lendo

JENIFER FERNANDES

É Relações-Públicas, já trabalhou com Assessoria de Imprensa e trabalha com Relacionamento Digital de grandes marcas. Gosta muito de Comunicação Interna e Endomarketing e quer desbravar essa área atualmente.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close